quinta-feira, 28 de junho de 2007

EDITORIAL - (por pe. Nivaldo)

Nós, dehonianos brasileiros em Roma, iniciamos um meio de estarmos em contato com os confrades, amigos, parentes e outros. Como? Através do "Bocca di Roma" que está chegando até você.
Muitos conhecem a medalha em forma de uma grande "carranca" fluvial, chamada de "bocca della verità"(imagem acima) e que se encontra na entrada da Igreja de Santa Maria em Cosmedim, próximo ao "Circo Massimo". Diz a lenda medieval que os mentirosos que introduzissem a mão dentro desta boca sairiam manetas.

O que pretende ser o tão sugestivo informativo "Bocca di Roma"? Informar um pouco da nossa vida e da nossa comunidade e outras coisas nossas.

Neste primeiro número, por exemplo, o Pe. Heculano informa como vão suas pesquisas e descobertas em torno de "Freud e Tereza d'Ávila; pe. Gil Heleno, com seu tino jornalístico, apresenta em entrevista, as idéias do mais novo doutor em espiritualidade e pedagogia da BC, pe. Joãozinho Almeida; pe. Gil, além de ter revelado suas qualidades culinárias, fala da nossa feijoada, e pe. Mário Tito, revelará o destino de verão e os segredos daférias de cada um.

Que o "Bocca di Roma" leve um pouco do muito que gostaríamos de estar dizendo a você. Importante, porém, que nenhum dos seus articulistas se torne um maneta!

2 comentários:

ALEMÃO PATATA disse...

bom....
Com alegria que r3cebemos vossas notícias Romanas daí...
o bom é o bom humor que ´pode-se perceber nete bom time de brasileiros que aí estão..

Continuem assim..
mas não se esqueçam, voltem um dia...

In COr Iesu..

Pe Cezar

Blog do Gil disse...

Cézar,
Voltaremos!!!!!!
Cuide bem do Agenor,hehehehe
Gil